|
September 8, 2015
|

Top 5 frameworks para desenvolvimento de apps em HTML5 e Javascript

Quanto mais cresce o uso dos smartphones no nosso dia a dia, mais pessoas estão interessadas no desenvolvimento de aplicativos mobile, e o número de ferramentas destinadas a facilitar a criação desses aplicativos só aumenta. São diversas opções de linguagens para várias plataformas, desde as criadas com foco em dispositivos móveis quanto linguagens já antigas, que estão se adaptando ao universo mobile.

Frameworks para desenvolvimento de apps são abstrações que utilizam características comuns de aplicativos feitos com essas ferramentas para facilitar e acelerar o processo de desenvolvimento. A escolha adequada de um framework pode fazer com que o seu app chegue muito mais rápido aos celulares de seus usuários.

Mas não é só sintaxe e lógica que se considera ao escolher o seu framework preferido: uma comunidade de desenvolvedores engajada é essencial. Uma comunidade ativa ajuda com a solução de dúvidas e problemas, diminuindo a barreira de entrada e a dificuldade de aprendizado. A participação de grandes empresas em manter um framework atualizado, muitas vezes, é um grande motivador para desenvolvedores experientes adotarem o uso dessas ferramentas.

Confira no texto de hoje quais são os melhores frameworks para o desenvolvimento de apps:

Cordova

O Cordova é um framework mantido pela Apache Software Foundation, que cria mobile nativos a partir de código em HTML, CSS e Javascript, o que facilita que desenvolvedores familiares com programação web criem seus aplicativos. Por ser open source, encoraja a criação de plugins para extender o seu uso.

O Cordova nada mais é do que uma coleção de bibliotecas que permite o acesso a funções nativas do dispositivo como a câmera ou o acelerômetro através de JavaScript. Ainda é possível combiná-lo a outros frameworks para o desenvolvimento.

JQuery Mobile + Backbone.js

A linguagem jQuery é o canivete suíço do desenvolvedor front-end. Por ser simples e fácil de aprender a usar, é a biblioteca mais popular para criação de scripts que manipulam elementos de uma página web. O jQuery mobile é apenas uma melhoria do primeiro, visando facilitar o uso de jQuery em dispositivos móveis.

Já o Backbone.js é uma biblioteca que cuida da estrutura e organização do código e dos modelos usando Javascript. Essa combinação poderosa cria um framework leve e com diversas possibilidades de extensão.

AngularJS

Quem está acostumado com o jQuery fica sempre com água na boca quando conhece AngularJS pela primeira vez. O Angular consegue fazer de forma mais simples algumas coisas que, em jQuery, precisariam de uma quantidade exagerada de linhas de código.

O AngularJS é um framework mantido pela Google, o que garante uma base fiel de desenvolvedores, mas, mesmo assim, isso não veio sem controvérsias. A versão 2.0 ainda nem foi lançada e já causou tanta confusão na comunidade pelo fato de que seria incompatível com a primeira versão que a equipe de desenvolvimento por trás do framework voltou atrás e possibilitou a integração de componentes das duas versões no mesmo app, deixando o futuro das suas aplicações um pouco menos incertos.

Bootstrap

O Bootstrap é um dos frameworks mais populares para desenvolvimento front-end, facilita desenvolvimento de páginas responsivas e templates, desde a criação de protótipos simples para provas de conceito a plataformas completas.

Originalmente criada como um projeto paralelo dentro da organização do Twitter, ele continua evoluindo. A versão 4 alfa mal foi anunciada e já falaram de planos pra versão 5, o que garante que o seu uso vai continuar amplo nos mais variados tipos de aplicações.

Pra quem já conhece Bootstrap, vale a pena dar uma olhada em alternativas semelhantes de frameworks front-end, como Foundation e Skeleton que também fazem a criação de aplicativos responsivos com mais facilidade.

Meteor

O Meteor é a opção mais jovem dessa lista. A versão 1.0 saiu em 2014, mas já vem ganhando popularidade e atenção de muitos desenvolvedores. Essa versão possibilita escrever apps com JavaScript em todo seu escopo e promete reduzir radicalmente o código necessário para se fazer diversas coisas.

Por ser mais novo no mercado, a sua comunidade ainda cresce e ainda não tem a popularidade do AngularJS, mas vale a pena ficar de olho no futuro próximo desse framework, que promete agradar igualmente usuários e desenvolvedores.

O que não falta é opção de framework para desenvolvimento de apps todo tipo de funcionalidade. Você conhece mais algum que deveria entrar na nossa lista? Dê sua sugestão nos comentários! Aproveite e assine a nossa newsletter para saber tudo sobre desenvolvimento para mobile!

Comments

More articles

Afinal, é possível criar app sem saber programação?

November 16, 2018

Como transformar um website em aplicativo?

November 14, 2018

Aplicativos: O que conhecer antes de criar um

November 13, 2018

É possível instalar aplicativos Android no Windows?

November 9, 2018

COMMENTS (1)

LEAVE A COMMENT